Selecção dos Vencedores do Concurso

Os júris de Histórias de África enfrentam a tarefa difícil mas fascinante de seleccionar os textos vencedores, entre os milhares de trabalhos criativos submetidos a concurso.

Num processo rigoroso de múltiplas fases, os trabalhos vencedores são inicialmente seleccionados por júris de cada país e, depois, o júri internacional reúne-se para determinar os vencedores finais do concurso.

Os júris, equilibrados a nível de género, são compostos por especialistas na prevenção, tratamento e cuidados do HIV, jovens, especialmente vencedores de concursos anteriores, educadores, sociólogos, jornalistas e cineastas, incluindo alguns que irão criar os filmes de Histórias de África. Frequentemente, as pessoas que vivem com o HIV estão em maioria.

A participação de pessoas de uma variedade de campos distintos cria um fórum para debates multidisciplinares ricos. Quer as equipas do concurso quer os júris reúnem pessoas fortemente empenhadas de organizações e meios diferentes, para que se conheçam e estabeleçam bases para futuras parcerias.

O sucesso do projecto Histórias no reforço da colaboração e na criação de sinergias entre membros da comunidade que combate a SIDA é um dos seus feitos mais valorizado.

Os jurados também apreciam o processo de selecção enquanto método inovador e revelador para avaliar o trabalho de comunicação em volta do HIV/SIDA desenvolvido até ao momento.

Em média, cada jurado analisa mais de 600 páginas de texto, iniciando uma viagem de imersão total de descoberta, através do pensamento e experiências de jovens africanos na área do HIV e da SIDA.

Através das suas leituras e debates, os membros dos comités de selecção logram identificar mais-valias e áreas problemáticas nas atitudes e conhecimentos relacionados com o HIV dos jovens autores.

Depois, os jurados formulam modos específicos de ajustar a reacção à epidemia, de forma a ter mais em conta os pontos de vista e as necessidades dos jovens.

As Observações e Recomendações dos jurados, com base nas suas análises dos trabalhos submetidos a concurso, são compilados em relatórios de circulação e aplicação mais abrangentes.